sexta-feira, 19 de outubro de 2018

QUANDO O "NÃO' SE TORNA UMA BENÇÃO



“A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza” 
(II Coríntios 12.9)

Ninguém gosta de ouvir um “não”. Muitos de nós educam seus filhos imaginando que estão expressando cuidado e amor dizendo-lhes “sim” para tudo que pedem ou desejam. A moderna psicologia, porém, tem alardeado que talvez essa seja a principal causa da formação em série de adultos egoístas, impacientes, desajustados, imaturos e inclinados inclusive a práticas contrárias às leis vigentes. Na estória da Branca de Neve a rainha virou uma bruxa quando soube que não era a mais bela do seu palácio. E você, como reage diante de um “não”?  Pessoas arrogantes e vaidosas não sabem lidar com a negativa de seus pedidos e vontades.


Há um texto muito marcante na Palavra de Deus que mostra o modo diferenciado como o Senhor nos trata a este respeito. O apóstolo Paulo, um homem cheio da graça, servo fervoroso de espírito, destemido, temente e fiel ao Senhor, teve revelações inefáveis e chegou a ser arrebatado, mas ouviu o “não de Deus” diante de um pedido aparentemente adequado: que o Todo-Poderoso tirasse dele um espinho na carne, um mensageiro de Satanás (II Co 12.7-8).

O “não” possui extraordinários benefícios para o coração sábio, dentre os quais destacamos:

- Ele produz maturidade

- Nos leva à reflexão

- Nos direciona ou redireciona

- Nos trata

- Nos ensina o contentamento

- Produz persistência

- Gera paciência: um combate contra a ansiedade

- Dilacera nosso orgulho e nos impulsiona à humildade

- Purifica nosso coração interesseiro

- Aperfeiçoa o poder de Deus em nossa fraqueza

- Inculca em nossa mente que Deus é Deus. Ele não precisa ficar nos agradando

- Revela que nossa vida não é nossa, mas pertence ao Soberano.

O “não de Deus” sempre é permeado de amor e bondade. O Senhor disse a Paulo que Sua graça era suficiente. Por mais doloroso ou incompreensível que possa parecer, às vezes, receber o “não do Eterno” será melhor do que ver concretizada nossa vontade própria ou necessidade pessoal, pois a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável. É muito comum vermos almas sendo destruídas justamente porque foram fundo na concretização de suas escolhas e vontades. Ouvir um “não’ de Deus pode ser a diferença entre o fracasso e o triunfo; entre a aflição e a felicidade; entre a paz e o arrependimento e até mesmo entre a vida e a morte.

Aprenda a aceitar um não como resposta. Aprenda que nem todas as suas orações serão respondidas, que algumas de suas vontades jamais se concretizarão e que é justamente isso que fará de você uma pessoa mais que vencedora. E se o “não de Deus” produz tudo isso e muito mais, imagine o Seu sim!

Confie, creia, obedeça e seja grato também pelo “não”, pois a graça de Deus é tudo que nos basta!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Breve iremos analisá-lo com todo carinho. Que Deus lhe abençoe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...