terça-feira, 2 de outubro de 2018

INTEGRIDADE: UMA EXIGÊNCIA DOS CÉUS!



“Melhor é o pobre íntegro em sua conduta do que o rico perverso em seus caminhos.” (Provérbios 28.6)

A palavra “Perverter” deriva da expressão latina per vertere, que tem como sentido “por de lado”. Salomão usa o termo integro em contraposição a perverso. Assim, ele afirma que é melhor o pobre que escolheu não por de lado seus valores, do que o rico que se perverteu, isto é, que pôs de lado seus valores. Integridade vale mais que riqueza e perverter-se é bem pior que viver na pobreza. Esta é verdade que Provérbios 28:6 nos ensina.


O sábio rei de Israel está certo. A luta pela subsistência (ter o que precisamos para viver) não deve ser travada ao custo da nossa consciência e nem pode exigir o sacrifício da ética. Uma família saudável é uma família em que verdades como estas estão sendo aprendidas e ensinadas. Pais e filhos devem conversar sobre isso e eu não duvido que muito do que assistimos da presente crise generalizada possa ser depositada na conta da ausência deste tipo de diálogo familiar.

Importante considerar que não nos pervertemos apenas quando aderimos ao ilegal ou ao imoral. Nos pervertemos quando colocamos de lado o que não deveria jamais ser esquecido! Quando não temos tempo para nossos relacionamentos familiares. Quando trabalhamos até adoecer, quando desrespeitamos nossos limites, quando exageramos, quando negligenciamos. Quando, por exemplo, em dias como os atuais nos vendemos em troca de benefícios pessoais. Quando nossas palavras e nossas ações não combinam! O perverso é alguém que julga ter demais, mas que em verdade tem de menos! E o “demais” roubou o lugar do “de menos”. Aos olhos de Deus, somos todos pervertidos!


Por isso Jesus veio! Para nos libertar da perversão da vida. Somos amados e perdoados por Deus em Cristo. Devemos agir em busca de mudanças. Deus nos dá Sua graça, que nos fortalece. Ele nos dá o Seu Espírito, que nos faz ver o mal. Mas escolher entre integridade e perversidade é responsabilidade nossa. O nosso mundo parece estar muito mais organizado para alimentar nossa perversão que nossa integridade.

Não podemos ser mentirosos, não podemos ser corruptos (nem na ação e nem no recebimento), não podemos ser espirituais e carnais ao mesmo tempo, não podemos ser santos na igreja e demônios na vida, não podemos louvar a Deus com os lábios e com estes mesmos lábios atacar, difamar ou criticar o próximo. Não podemos ser hipócritas, pois a hipocrisia é um passaporte para o inferno.

Precisamos da graça de Cristo. Precisamos ter caráter e ser honestos. Precisamos crer e orientar nossas vidas pelos preceitos de Deus. E um deles diz o que lemos hoje: é melhor o pobre íntegro que o rico que se perverteu.

Pense nisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Breve iremos analisá-lo com todo carinho. Que Deus lhe abençoe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...